sexta-feira, janeiro 12, 2007

Ah,esperança!

Essa virtude,esse ente sem matéria,com muita consistência,porém,sempre volta,sempre se apresenta para me embalar,logo depois de uma desilusão.
Fomos convocados pela semus para um seminário de sensibilização de profissionais da rede(sus)juntamente com os gestores de algumas unidades de saúde.Confesso que fui por obrigação.Além de tudo a diretora da minha Unidade se ofereceu para me levar em seu carro;não há jeito de fugir à boa vontade principalmente porque,mesmo sem acreditar e já estar cansada,não resisto;vou ao menos pra saber de que se trata.
Foi uma boa surpresa.Se vai dar certo é outro departamento.O secretário adjunto de saúde do municipio apresentou o assunto com entusiasmo com muita propriedade e após,passamos o dia entre apresentações,trabalhos e por fim um lanche bem gostoso.
A UFMA e o SUS vão trabalhar juntos na formação do médicos do Maranhão.A grade curricular(que o secretário prefere chamar de teia)vai se voltar para a comunidade,para o usuário,para a realidade regional,sem deixar de,claro,ter um embasamento teórico adequado.Os estudantes vão para as Unidades Básicas de Saúde,num primeiro momento e gradualmente vão conhecer e atuar nas unidades de média e alta complexidade.Gostei.Vai ser um trabalhão.Eu não tenho medo.E tomara que dê certo.Ah,esperança,tu me sustentas.

Um comentário:

Ciça disse...

Minha linda, os médicos aqui são formados assim. não que sejam melhores aos brasileiros, nem me atrevo a pronunciar nada parecido, mas é um caminho muito válido, ou melhor, acertadissimo. Onde já se viu estudar gente longe de gente???