sexta-feira, setembro 28, 2007

O bandido é o melhor?

Alguém consegue,com argumentos lógicos,me explicar qual o objetivo dessa valorização do maucaratismo,da bandidagem,da pouca vergonha?
Alguém pode me dizer porque o artista que fez o mocinho atuou como um canastrão engulhante?
E por que o Olavo,quanto mais bandido,mais ruim,mais mau-caráter,mais bonito e atraente ficava?
Sei que estou me revelando uma noveleira de marca maior que não sou,na verdade.Mas a tv daqui,salvo nas horas que mudo de canal,está sempre na emissora oficial de novelas e telejornais.É impossivel não se envolver,não escutar palpites os mais estapafúrdios,hilários e loucos da familia,não ficar perdendo preciosos momentos discutindo a loucura dos autores,principalmente do autor da novela das oito que passa às dez.
Sabe o que mais?Melhor procurar coisa mais útil e bela a fazer.
E existe um monte.É só escolher.

9 comentários:

IsabelMartins disse...

Sempre me mantive caladinha, mas tô aqui constantemente e resolvi comentar pois achei engraçado nós duas falarmos do mesmo assunto, novelas!Em especial essa q finda hj. Concordo contigo, realmente o país pára e as pessoas ficam o tempo todo cogitando, tentando descobrir, inventam cada coisa que é até pra rir.
Na minha humilde opnião, acho que novela mostra um pouco da realidade, o bandido ser bonitinho e querido, tira aquela fama de que bandido é pobre, sujo e feio, o que é uma verdade, pois hj eles usam ternos caríssimos. E o fato das pessoas adorarem os bandidos, é identificação, apesar dos motivos serem diferentes, mas no fundo muitos querem R$ e poder. Acreditas que eu já ouvi gente dizendo q Paula é falsa e que não gosta dela e sim de Bebel? Isso é ou não é inversão de valores? E acho que isso se deve ao velho jeitinho brasileiro, onde as pessoas(algumas,pois nem todas pensam assim) tendem a achar que podem resolver tudo com jeitinho.
Eu já decidi acabou Paraíso Tropical acabou meu lado novelista. kkk
Bjus e bom fds!

marilia disse...

Menina, eu que não sou noveleira, paguei lingua com essa novela!
assiti a todos os capítulos...
e quando perdia um ficava doida pra encontrar alguem que tivesse visto!
acho que foi das melhores que eu vi ( mas não vi muitas)!
E o bandido mais bonitinho não era o olavinho...rsss
pra mim, ver o Marcelo Antony e o Chico Dias( jader0 , já valia a novela...rsss
bjos e bfs

IsabelMartins disse...

O prazer em conhecer é todo meu e será melhor se for pessoalmente, que tal se fizermos um encontro de blogueiras de SLZ em dezembro, o que achas da idéia?
Te add lá no Radiante,tem problema não né?
Bjus e bom fds

P.S: Vou ali no google procurar mais blogueiras de SLZ. kkk

Silvino disse...

Vixe, todo mundo falando da novela rs...eu vou fazer uma camaonha pra verem as novela da record rs, assim eu nao fico de fora...rs
bjs

Marcia H disse...

kkkk sabe que eu nunca assisti uma novela brasileira na minha vida? seriado americano sim... nao perco o Greys Anatomy e nem Brothers & Sisters

Cadinho RoCo disse...

Comecei leitura sem nada entender porque não tenho a menor informação das telenovelas. Mas o final da publicação é perfeito e comentar seria redundância minha.
http://cadinhoroco.loginstyle.com

Mário disse...

Anunciação, faz tempo que a TV cria mitos. Bandidos não são mocinhos, tampouco gente legal. Bandidos reais na realidade não atingem os 40 anos. A maioria morre bem antes dos 30...rs. O tipo de bandido esteriotipado num "Olavo", pode até existir, mas é raro de se encontrar por aí. Melhor ler um livro do que ver novela. Abraços.

Lord Broken Pottery disse...

Anunciação,
Não assisto freqüentemente novelas mas acho um produto nosso de boa qualidade, tipo exportação. Outro dia ouvi uma esportista russa falando que passava novela da Globo lá, e que eles gostam da sonoridade de nossa língua. Concordo com você e assino em baixo. Estamos cada vez mais valorizando o lado mau da moeda. Os "bandidos" passam a novela toda levando a melhor, exorbitando, divertindo-se às custas do bem, recebendo todos os louros. No fim, normalmente no último capítulo, rapidamente, as contas são ajustadas, os mocinhos casam-se e vivem felizes para o resto de suas vidas, presume-se. O que fica na memória coletiva do povo, são as inúmeras demonstrações de mau-caratismo, provando que o crime compensa. Acho um péssimo exemplo. Aliás, em um país de Renans e Dirceus, o povo está cansado de saber que o crime compensa mesmo.
Beijo

Agridoce disse...

Sei lá, mas atração pelo bandido mesmo tive depois de assistir o famigerado Tropa de Elite, em que o dito vilão vira um mocinho, meio torto na minha opinião, mas ainda um mocinho...e bandida fui eu que baixou o tal filme sendo que nem pros cinemas ele tinha ido...Mas enfim, acho que é uma boa prova mesmo de que mulher gosta de homem canalha...nem todas claro ;)
Mas o melhor mesmo, foi a tal da Bebel, incorporando no final a prostituta bancada por político, seria uma clara alusão as Monicas Velosos da vida?
Um beijão e até mais