sábado, dezembro 13, 2008

Carola,eu?

Hoje é dia de santa Luzia.Ou Lucia em algumas localidades brasileiras e outros paises,com as  respectivas pronúncias.Estava lendo a história dessa moça e fico admirada da fé firme desse pessoal,sinceramente.A moça resolveu que não ia casar;iria permanecer virgem e casta para servir  ao Senhor.Naquele tempo,ser cristão era um problema.O noivo escolhido pelos pais da moça,ao ser rejeitado,uma vez que a mesma alcançara a cura de uma grave doença da mãe e obtivera o consentimento para viver como escolhera,denunciou-a às autoridades.Diante da escolha de renunciar a sua fé ou ser entregue a ser usada sexualmente por vários homens,replicou que o corpo só se corrompe quando a alma deseja.Ao tentarem carregá-la ao seu castigo,ficou tão pesada que nem uma porção de homens a conseguiu removê-la do lugar.O jeito foi matá-la.Depois de receber o golpe fatal ainda ficou orando e denunciando as mazelas dos governantes,até que ao fim,outros membros da comunidade,que fizeram um círculo em sua volta,disseram amém.
A tradição de ligá-la ao sentido da visão e sua imagem inclusive ter dois olhos em uma pequena bandeja,dizem alguns estudiosos,ser devido ao seu nome que remete à Luz divina,à luz transparente da pureza.Eu  só estou repetindo aqui o que encontrei nos escritos sobre o assunto.Seja como for,uma pessoa que prefere morrer a renunciar a sua fé,ao seu ideal,merece minha admiração.

12 comentários:

Daíza disse...

oieeee... tudo bem por aí? um beijo e um excelente domingo!

Danielle Balata disse...

Meu pai é devoto dela.. e por ser oftalmo.. hoje já rezamos o terço em sua homenagem..

Beijos Anunci.

Michelly disse...

ola querida, como vai?
obrigada por comparecer sempre...
pq diz que é analfabeta nessa lingua?
muitos beijos,
fiqui com Deus!!

Mauro Castro disse...

É uma grande história. Legal.
Há braços!!

Cadinho RoCo disse...

Sua publicação pode ser conferida pela história que traz exatamente os registros mencionados por ela. O mais incrível de Santa Luzia foi ela ter, exatamente no momento de sua morte, convertido as pessoas que assistiam ao seu martírio, porque o amém citado após orações dela, é sinal de aceitação. Bela lembrança a ela que foi e contrinua como luminosa referência da fé cristã.
Cadinho RoCo

Ciça Donner disse...

Pergunta: ser carola é ruim? Onde está escrito isso? Com certeza na lingua ruim do povo que vê uma pessoa devotada como lesa!!!

Mana, no dia de Santa Luzia, quando chove, deve-se molhar os olhos com essa água para abencoa-los, pois ela abencoa!!

Carola, eu? Infelizmente nao!

Rosamaria disse...

Minha irmã é devota de Santa Luzia, mas não conhecia a história dela.

Obrigada pela visita, Anunciação! Adorei que assinaste meu mapa.

Bjim.

Lino disse...

A fé, então, tinha outro sentido, era mais vivida. E, aqui pra nós, não havia tanto o que fazer e tantos atrativos como hoje. Talvez isso tornasse as coisas mais fáceis.

Zany Vasconcelos disse...

Linda e comovente a história. Eu não sou carola, mas gosto de saber da vida dos Santos e Santas, pois sempre apresentam uma história de vida cheia de aspectos interessantes de fé, altruísmo, humildade, bondade e muito amor, Bjs e boa semana pra você!!!

Meire disse...

Sul mare luccica
l'astro d'argento.
Placida è l'onda;
prospero è il vento.
Venite all'agile
Barchetta mia!
Santa Lucia, Santa Lucia

Con questo zeffiro
così soave,
oh! com'è bello
star sulla nave!
Su passeggeri
venite via!
Santa Lucia, Santa Lucia.

In' fra le tende
bandir la cena,
in una sera
così serena.
Chi non dimanda,
chi non desia;
Santa Lucia! Santa Lucia!

Mare sì placido,
vento sì caro,
scordar fa i triboli
al marinaro.
E va gridando
con allegria:
Santa Lucia! Santa Lucia!

O dolce Napoli,
O suol beato,
Ove sorridere,
Dove il creato,
Tu sei l'impero
Del armonia,
Santa Lucia, Santa Lucia!

Or che tardate,
bella è la sera.
Spira un auretta
fresca e leggiera.
Venite all'agile
barchetta mia!
Santa Lucia, Santa Lucia.

Grace Olsson disse...

Anunci, o dia dessa santa é amplamewnte comemorado na Suécia.
Beijos e dias felizes

Blog do Beagle disse...

Nnci, eu não conhecia a história dessa Santa e adorei que vc a tivesse contado. MInha Mãe orava para ela por causa dos meus olhos míopes. Bjkª. Elza