domingo, maio 06, 2007

Marquez versus Vargas Lhosa


Acabei de ler ontem Travessuras de Menina Má de Mário Vargas Lhosa;já havia alguns dias antes relido Cem Anos de Solidão de Gabriel Garcia Marquez.Terminadas as duas leituras fiquei pensando sobre várias opiniões,discussões e comparações que tenho lido sobre esses dois escritores.Sinceramente não vejo o porquê disso tudo.As semelhanças para mim é que os dois são latinos e profundos conhecedores de história e política notadamente da América Latina e seus países.Os estilos são diferentes,para mim não vejo razão para celeuma ou escolha de um em detrimento do outro.Adorei ler todos dois.Talvez eu seja pessoa não indicada para julgar essas coisas pois sou leitora desde criança.De tudo.Das revistas Capricho e Querida escondida de mamãe(leitura imprópria para meninas,no meu tempo),passando por Monteiro Lobato ignorado pelas irmãs do colégio(descobri depois que era tido como comunista)até O Nome da Rosa,M.Delly(mamãe tinha todos da coleção),Agatha Christie,Simenon,Gibis(Luluzinha,Bolinha,Fantasma,todas do Mauricio de Souza,Os sobrinhos do capitão,etc),Chico Buarque,Paulo Coelho,até livros de auto-ajuda tão execrados.Provavelmente uma criatura desse jaez não tem competência pra julgar coisas intelectuais e sérias.Para mim é da seguinte forma:Ou gosto ou não gosto. Detestei A insustentável leveza do ser (chato) e outras consideradas maravilhas da literatura.Pelo que vejo,não sou pessoa competente e confiável para analisar literatura.Mas que eu adoro Garcia Marquez e Vargas Lhosa,adoro mesmo.

3 comentários:

Ciça - Égua da Coluna disse...

Tirando o Chico, minha grande desilucao com literatura, o resto assino em baixo

lejon_shni disse...

Olá querida!

Fico muito feliz de ver você ainda aparecendo no meu, por hora e força das circunstâncias, abandonado "Aventura Humana". Estou, é claro, às pressas num cyber...

Tentei comentar aqui da última vez, mas não entendi o sistema de ter que dar "log-in" para postar o comentário.

Se você está lendo isso, desta vez eu consegui!

=)

Beijos!

Lord Broken Pottery disse...

Pode ter certeza de seu gosto literário. Os dois escritores citados são maravilhosos. De minha parte ainda prefiro o pai de Cem Anos de Solidão. Recomendo também, fortemente, O Amor Nos Tempos do Cólera, das melhores coisas que li.
Grande beijo