sábado, maio 31, 2008

Quer experimentar?

Quer experimentar?Não o faça.Não vale a pena.Se você experimentar,e sobreviver como eu,daqui a mais ou menos trinta anos vai estar praticamente impossibilitado(a)de largar,mesmo que seja médico(a)e sabendo de tudo e vendo pacientes,conhecidos e desconhecidos,vivendo com DPOC(doença pulmonar obstrutiva crônica),C.A.(câncer)de pulmão,enfisema pulmonar e morrendo,é claro,não de uma vez,mas aos poucos.Tossindo,tentando cantar suas músicas preferidas ou os hinos da sua igreja e ficando sem fôlego.As defesas orgânicas lá embaixo:qualquer resfriado de alguém por perto,em você vai se instalar como uma bronquite que não acaba,uma pneumonia,enfim,um inferno.E os amigos antitabagistas?Aqueles bem cri-cri,sem contar os que acham que você não pára por que não tem "força de vontade",querendo dizer que você não tem vergonha na cara,mesmo?E o susto,quando você sentir,pela primeira vez umas palpitações,uma acelerada doida que o coração parece que vai parar?E por aí vai.É muita coisa desagradável na curta vida que temos para que você,que ainda está de pulmões limpos,se arriscar.Sabe o que mais?Vá surfar,dançar,beijar,namorar,tocar um instrumento,fazer versos mesmo que sejam de pé quebrado,estudar seja o que for que te interesse na vida,assistir ou jogar futebol,ser voluntário em alguma causa legal,fazer música,escrever um livro,encontrar com sua turma e falar abobrinha adoidado.Mil e uma coisas estapafúrdias e saudáveis.
Mas não entre nessa roubada!Não vale,não vale mesmo a pena,experimentar!

*Eu disse que não ia participar,mas está aí o que posso dizer sobre o cigarro,um companheiro constante com muito breves intervalos de separação.

12 comentários:

Isabel Martins disse...

Anunci, bem conheço esse dilema do tentar parar, meu pai é fumante e parou por 3 anos porque fez duas mamárias, não consegui seguir em frente na abstinência. Eu cresci odiando cigarro, e ainda detesto, mas não teve jeito sou uma fumante passiva né?
Força amiga, esses intervalos já são um bom começo.
Bjus e bom fds

Danielle Balata disse...

Ai..

CigarrO, por que existe?
Mal para toda a vida.

Uma boa semana.

NANDO DAMÁZIO disse...

Excelente post, Anunciação, o ideal mesmo é que nem se comece a fumar, porque é "experimentando" que a maioria acaba se viciando e aí pra largar é um sacrifício ..

Muito obrigado pela sua valiosa contribuição na Campanha, cumprimos a missão !!
Abração, até logo !!

Agridoce disse...

Excelente post!
Viu a propagnda que o Ministério da Saúde fez para os jovens?
achei o máximo!
Eu fumo, pouquinhos por dia, mas fumo. Be é que é um problema, 2 carteiras por dia... =(
Beijos!

Marcia H disse...

Nunci, bom posting!
só nao gostei de uma coisa ;-) taxá-lo de companheiro - é inimigo, mulher
bjsssss

Georgia disse...

Muito bom o seu post conscientizando que na vida existe tanta coisa linda e útil para ser descoberta e explorada.

Parabéns!!! Somente sendo uma mulher de cabeca para postar assim.


Abracos

NANA disse...

Olá!
Pois é... O ideal é que não comece, não experimente. E foi mais pensando nisso que o Nando e eu resolvemos fazer a Blogagem: evitar que surjam mais fumantes.
Muito obrigado pela contribuição.
Beijos

jayme disse...

Eu fumei por muito tempo, até o dia em que tive certeza de que não conseguiria parar. Um mês depois de chegar a essa conclusão, peguei uma gripe forte o suficiente para me deixar dois dias sem vontade -- ou capacidade -- de fumar (e eu fumava dois maços por dia). No terceiro dia, lembrei que havia anos que eu não ficava dois dias sem fumar. Aí decidi que aquela era a chance de parar. No fim deste mês, completo 9 anos de liberdade. Bendita gripe!

Blog do Beagle disse...

Muito bom. Gostei. Meu irmão mais velho pe portador de DPOC e enfisema pulmonar por causa do fumo. Sei bem o que é isso. Parei de fumar antes de primeira grande crise dele. Valeu, amiga. Bjkª. Elza

Cadinho RoCo disse...

Tenho muito cuidado com certos temas e este é um porque nele está embutido enorme preconceito ao ser humano e não gosto disso, bem como fortíssimo estímulo à discriminação que sufoca a vida de tanta gente boa de pulmões.
Cadinho RoCo

Ciça Donner disse...

Lindo... mas sem vergonha... deixa de pavulagem e larga logo esse um pequena!!! Sei que nao é fácil, já passei por essa, mas quem gosta de moleza acumula gordura na bunda, nao é mesmo???

Suelly Marquêz disse...

Anunciação, que posso lhe dizer voce sendo pessoa da área de saúde/
te admiro, te acho muitolinda inteligente e que voce é importate pra um tantao de gente que te ama,
só isto não é o bastante, voce sabe que o tal...tem efeitos mais profundos que a nosso vã vontade de abandonar, sei porque estou participando dogrupo de ajudaaos tabag..... mas dá uma pena, tantos problemas tadinhos, mas alguns vencem e vamos usando as dinamicas dos mortais, trocando pela balinha pelo cravo porsorvete, afinal o que substitui em prazer pra cada um é diferente, mas beijos e saiba que te amo mesmo assim...voce tem amigose companheiros!!!!!!nós.
mas a predisposição pra iniciar o tratamento é tudo, naoé?